História Universal
SIGA-NOS NO FACEBOOK

CURTA NOSSA PAGINA
loading...

António de Spínola

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

António de Spínola

Mensagem por Fundador em 15th Maio 2011, 22:41

Presidente da República Portuguesa (1910-1996).

Filho de uma família abastada (seu pai foi inspetor-geral de Finanças e chefe de gabinete de Salazar no Ministério das Finanças), frequentou o Colégio Militar, a Escola Politécnica de Lisboa e concluiu o curso da arma de cavalaria (1933) na Escola do Exército. Em 1961, como tenente-coronel, desempenha as funções de segundo comandante e comandante do Regimento de Lanceiros 2. Salientou-se como combatente em Angola (1961-1963) e como governador e comandante-chefe na Guiné-Bissau (1968-1973).

Em 1973, é convidado por Marcelo Caetano para ocupar a pasta de ministro do Ultramar, cargo que não aceita. Em Janeiro de 1974, é nomeado para vice-chefe do Estado-Maior das Forças Armadas, por sugestão de Costa Gomes, cargo de que é demitido em Março, por se ter recusado a participar na manifestação de apoio ao Governo e à sua política. O livro Portugal e o Futuro (Fevereiro de 1974), onde defendia a solução federalista para o problema colonial, abalou o regime ditatorial.

A 25 de Abril de 1974, como representante do MFA (Movimento das Forças Armadas), aceita de Marcelo Caetano a rendição do Governo. Com a instituição da Junta de Salvação Nacional, órgão que passou a deter as atribuições dos órgãos fundamentais do Estado, a que presidia, é escolhido pelos seus membros para as funções de Presidente da República. Ocupou a Presidência até 30 de Setembro de 1974, altura em que renuncia, após a tentativa falhada de golpe da chamada "maioria silenciosa", dois dias antes, e é substituído pelo general Costa Gomes. Esteve envolvido no golpe de 11 de Março de 1975, que conduziu à escalada liderada pelos setores mais à esquerda da vida política portuguesa. General desde 1969, em 1981 foi distinguido com o bastão de marechal.

Entre numerosas condecorações, foi agraciado com o grau de Grande Oficial da Ordem de Torre-e-Espada, Valor, Lealdade e Mérito (1973) e com a Grã-Cruz da Ordem de Torre Espada, Valor, Lealdade e Mérito (1987).

Fundador
Administrador

Mensagens : 1615

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum