História Universal
SIGA-NOS NO FACEBOOK

CURTA NOSSA PAGINA
loading...

António Alves Redol

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

António Alves Redol

Mensagem por Fundador em 27th Setembro 2011, 19:19

Escritor (1911-1969), é considerado um dos principais romancistas portugueses de tendência neo-realista.

Nascido no seio de uma família modesta, não pôde prosseguir com os estudos, como gostaria de ter feito, e teve de começar a trabalhar na juventude. Aos 16 anos, foi para Angola em busca de melhores condições de vida. Aí ficou até aos 19 anos. Quando regressou a Portugal, começou a colaborar com a Imprensa, retomou os estudos e juntou-se ao movimento que se opunha ao Estado Novo, militando no Movimento de Unidade Democrática (MUD) e no Partido Comunista.

Em 1939, escreveu o seu primeiro romance, Gaibéus, obra considerada fundadora do neo-realismo português. O percurso de Redol ficou assinalado pelas preocupações sociais, denotando uma intervenção político-sociológica.

Outras obras de Redol: Glória, Uma Aldeia do Ribatejo (ensaio etnográfico), Avieiros (1942), Fanga (1943), o Ciclo Port Wine (com três romances: Horizonte Cerrado, 1949, Os Homens e as Sombras, 1951, e Vindima de Sangue, 1953), Uma Fenda na Muralha (1959) e Barrancos de Cegos (1962).

Fundador
Administrador

Mensagens : 1615

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum