História Universal
SIGA-NOS NO FACEBOOK

CURTA NOSSA PAGINA
loading...

O oráculo de Delfos

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O oráculo de Delfos

Mensagem por Fundador em 5th Maio 2011, 00:30

O templo de Delfos, na Grécia Antiga, era dedicado ao deus Apolo.

Este templo era lar de uma espécie de profeta, o oráculo de Delfos. As suas declarações podiam afetar o destino dos homens e a história das nações. Os cidadãos comuns vinham perguntar-lhe se deviam casar ou se a esposa lhes estava a ser infiel. Os generais vinham perguntar se deviam entrar em guerra. Um sacerdote levava as perguntas ao oráculo, ou Pitonisa, como era chamada. A médium era uma mulher comum, da região, que entrava em transe, muitas vezes depois de ter mastigado folhas alucinogénicas. As respostas dela eram sempre mensagens arrevesadas que o sacerdote interpretava de forma ainda mais ambígua, deixando aos suplicantes a escolha do significado que melhor os servia.

Por vezes, as respostas eram simplesmente mal-interpretadas. Quando Cressos, rei da Lídia, perguntou se devia atacar o Império Persa, disseram-lhe: "Se entrar em guerra, destruirá um grande reino". Ele entrou em guerra e o reino destruído foi o seu.

Fundador
Administrador

Mensagens : 1615

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O oráculo de Delfos

Mensagem por Alexandremk em 6th Abril 2013, 20:30

Que ironia pelo jeito o rei foi tomado pela soberba, teria alguém com uma explicação melhor. Bom hoje em dia sabemos que, se um um governante quiser entrar numa guerra, é bom ele vislumbrar a grande possibilidade da própria derrocada.

Com relação ao templo a coisa que mais lembro são as escritas na entrada. A mais famosa, aquela que o Sócrates tomou como uma máxima na sua prática filosófica: Conhece-te a ti mesmo ( Nosce te ipsum).

Alexandremk
Iniciante
Iniciante

Mensagens : 2

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum