História Universal
SIGA-NOS NO FACEBOOK

CURTA NOSSA PAGINA
loading...

Fócio

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Fócio

Mensagem por Fundador em 27th Abril 2011, 01:41

Fócio (por vezes referido como Photius) nasceu em Constantinopla, provavelmente em 820.

Foi eleito patriarca da cidade onde nasceu em 858, em substituição de Santo Inácio, por este ter negado a comunhão a César Bardas, co-regente do imperador Miguel III. A nomeação de Fócio acabou por não ser reconhecida pelo papa Nicolau I, que a declarou ilegítima, excomungando-o. No entanto, indignado com a decisão, Fócio escreveu várias cartas contra o papa e levantou algumas questões contra a Igreja Ocidental.

Em 867, convocou um concílio em Constantinopla onde excomungou a figura papal e a própria Igreja Ocidental, provocando o Cisma do Oriente. Nesse mesmo ano, Fócio foi deposto pelo imperador Basílio, que entretanto subiu ao trono. Dois anos passados, durante o Concílio de Constantinopla, foi excomungado e tornado novamente laico.

A morte de Inácio, em 877, reconduziu Fócio à sede patriarcal. O bispo de Constantinopla obteve inclusive o perdão e o reconhecimento do papa João VIII. Com o imperador Leão VI deu-se a sua deposição definitiva. Fócio, remetido então para um convento arménio, faleceu por volta de 891.

Das suas obras literárias destacam-se os títulos Bibliotheca e Amphilochia.

Fundador
Administrador

Mensagens : 1615

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Fócio

Mensagem por Saibot em 17th Agosto 2011, 23:26

Em 867, Fócio emitiu a sua famosa encíclica aos bispos do Oriente, acusando o papa Nicolau I de inserir no Credo termos que significavam que o Espírito Santo procede não somente do Pai, mas também do Filho. Nicolau I era também criticado por intervir na recentemente fundada Igreja da Bulgária, pela repetição do Sacramento do Crisma aos cristãos búlgaros, sob o pretexto de que tinham sido batizados anteriormente por sacerdotes casados de Constantinopla. As acusações mencionavam ainda a tentativa de submeter as igrejas ao Ocidente e de interferir em disputas fora da sua jurisdição. Fócio terminou a sua carta com a convocação de um concílio em Constantinopla, o qual declarou o papa Nicolau I excomungado, nomeando-o "um herético que dizima as vinhas do Senhor". Naquele mesmo ano de 867, Fócio foi deposto do Patriarcado pelo imperador. Inácio tornou-se patriarca mais uma vez e a comunhão com Roma foi restaurada. Em 869, outro concílio teve lugar em Constantinopla, conhecido como Concílio Anti-Fócio, que condenou o ex-patriarca. Mais tarde, Inácio e Fócio reconciliaram-se e, quando Inácio morreu em 877, Fócio sucedeu-lhe novamente como patriarca. Em 879 um outro concílio, novamente em Constantinopla, anulou o concílio de 869 e retirou todas as condenações a Fócio. Essas decisões foram aceites sem protestos em Roma.

Saibot
Membro Regular
Membro Regular

Mensagens : 193

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum