História Universal
SIGA-NOS NO FACEBOOK

CURTA NOSSA PAGINA
loading...

Lista Cronológica dos Reis de Portugal

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Lista Cronológica dos Reis de Portugal

Mensagem por Kings em 24th Novembro 2010, 10:49

Podem ver a lista de todos os Reis de Portugal e discutir temas e afins sobre eles neste tópico.

Lista dos Reis Portugueses

Kings
Iniciante
Iniciante

Mensagens : 19
Idade : 23
Localização : Barcelos

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lista Cronológica dos Reis de Portugal

Mensagem por Kings em 24th Novembro 2010, 10:52

Proponho esta pergunta quanto a D. João II (o príncipe perfeito), será que ele já sabia da existência dos terrenos do actual Brasil, quando assinou o tratado de Tordesilhas?

_________________
Twisted Evil A ver se encontro os deuses Twisted Evil

Kings
Iniciante
Iniciante

Mensagens : 19
Idade : 23
Localização : Barcelos

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lista Cronológica dos Reis de Portugal

Mensagem por newton45 em 24th Novembro 2010, 13:40

D. joao II sabia da existencia continente americano que foi descoberto 2 anos antes do tratado de tordesilhas.
O tratado de tordesilhas foi feito, devido a uma necessidade da coroa portuguesa e castelhana dividirem o territorio descoberto e o que ainda faltava descobrir. O princepe perfeito, saberia sim da existencia nao do "brasil" como pais, mas sim de um novo território, "novo mundo" como lhe chamavam.
O continente americano foi descoberto por acaso, pois quando Cristovao Colombo lá chegou pensou que tinha chegado à India.


Wink espero ter respondido á tua pergunta

newton45
Iniciante
Iniciante

Mensagens : 11

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lista Cronológica dos Reis de Portugal

Mensagem por Fundador em 24th Novembro 2010, 15:51

Portugal teve um total de 35 monarcas.
O meu preferido é Pedro I, o Justiceiro. Foi o oitavo monarca e reinou de 1357 a 1367.

Fundador
Administrador

Mensagens : 1615

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lista Cronológica dos Reis de Portugal

Mensagem por Kings em 24th Novembro 2010, 19:23

Colombo tentou fazer a viagem para os portugueses, mas os nossos reis sabiam que ficava mais fácil ir pelo caminho oriental.

Ao descobrir a américa, acabou por levar à destruição de grandes impérios que lá já existiam.

_________________
Twisted Evil A ver se encontro os deuses Twisted Evil

Kings
Iniciante
Iniciante

Mensagens : 19
Idade : 23
Localização : Barcelos

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lista Cronológica dos Reis de Portugal

Mensagem por Fundador em 27th Abril 2011, 00:33

Lista dos monarcas de Portugal desde a independência do Reino de Leão (1139) até à implantação da República portuguesa (1910).

1. D. Afonso I (1139-1185)
2. D. Sancho I (1185-1211)
3. D. Afonso II (1211-1223)
4. D. Sancho II (1223-1247)
5. D. Afonso III (1248-1279)
6. D. Dinis I (1279-1325)
7. D. Afonso IV (1325-1357)
8. D. Pedro I (1357-1367)
9. D. Fernando I (1367-1383)
10. D. João I (1385-1433)
11. D. Duarte I (1433-1438)
12. D. Afonso V (1438-1477 e 1477-1481)
13. D. João II (1477-1477 e 1481-1495)
14. D. Manuel I (1495-1521)
15. D. João III (1521-1557)
16. D. Sebastião I (1557-1578)
17. D. Henrique I (1578-1580)
18. Filipe I (1581-1598)
19. Filipe II (1598-1621)
20. Filipe III (1621-1640)
21. D. João IV (1640-1656)
22. D. Afonso VI (1656-1683)
23. D. Pedro II (1683-1706)
24. D. João V (1707-1750)
25. D. José I (1750-1777)
26. D. Maria I (1777-1816)
27. D. Pedro III (1777-1786)
28. D. João VI (1816-1826)
29. D. Pedro IV (1826-1826)
30. D. Maria II (1826-1828)
31. D. Fernando II (1837-1853)
32. D. Pedro V (1853-1861)
33. D. Luís I (1861-1889)
34. D. Carlos I (1889-1908)
35. D. Manuel II (1908-1910)

Nota: D. Pedro III foi rei consorte de D. Maria I e D. Fernando II foi rei consorte de D. Maria II.

Fundador
Administrador

Mensagens : 1615

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lista Cronológica dos Reis de Portugal

Mensagem por tig em 29th Junho 2011, 13:14

Carlos Costa escreveu:Portugal teve um total de 35 monarcas.
O meu preferido é Pedro I, o Justiceiro. Foi o oitavo monarca e reinou de 1357 a 1367.

Foi o que vingou Inês de Castro não foi? :/

Carlos devias separar essa lista de reis por Dinastia meter os cognomes e colocar como tópico fechado e fixo apenas para informação Razz

tig
Iniciante
Iniciante

Mensagens : 37

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lista Cronológica dos Reis de Portugal

Mensagem por Fundador em 29th Junho 2011, 22:10

tig escreveu:Carlos devias separar essa lista de reis por Dinastia meter os cognomes e colocar como tópico fechado e fixo apenas para informação
Lembra-te que isto é um fórum, não uma enciclopédia, portal ou blog. Exige-se organização, mas não em excesso. Prefiro deixar o máximo de tópicos abertos para os membros poderem discutir tudo.

tig escreveu:Foi o que vingou Inês de Castro não foi?
Sim, mas não é por isso que ele tem o cognome de o Justiceiro. Este cognome vem da sua mania em andar metido nos tribunais, por todo o país, a exercer a justiça. Até era ele quem aplicava os tratos (torturas) muitas vezes. E ele tratava todos por igual: chegou ao ponto de torturar o bispo do Porto por andar metido com uma mulher casada. Quem não gostava desta faceta de Pedro I eram os juízes, porque o rei andava sempre a meter-se no trabalho deles. Razz

Lê o seguinte texto (História de Portugal, volume 2) para veres porque Pedro I era apelidado de o Justiceiro:

"Dez anos reinou D. Pedro I. E esse lapso de dez anos ficou na memória do povo como um daqueles períodos de tranquilidade que apraz relembrar, quando a época em que se vive é difícil e agitada.

Produto de estirpes doentes, com estigmas de nevrose degenerativa, que alguns classificam de epilepsia, o filho de D. Afonso IV, o Bravo, era de caráter desigual e excessivo. Excessivo nos arrancos com que exercia a justiça e aplicava os castigos, utilizando ele próprio o chicote com cego furor. Excessivo nas paixões, como sucedeu na sua aventura amorosa com a bela Inês. Excessivo nos júbilos, quando o humor lhe pedia que descesse à rua e se imiscuísse nas alegrias populares, bailando e tangendo com a arraia miúda.

Dos reis portugueses foi este o que mais impressionou os poetas e novelistas. O seu feitio emotivo, as taras que o governavam, o episódio de Inês, o bárbaro castigo infligido aos matadores da mísera e mesquinha, a mania deambulatória, os terrores noturnos que o levavam a deixar a câmara e a mandar reunir gente nas ruas para improvisar, a horas tardias, bailes e cantigas populares - tudo isso se plasmou em imagens pitorescas, fazendo dele uma figura de romance.

O povo gostava dele, embora o temesse. Seduzia-o um rei que não desdenhava de juntar-se-lhe nos folguedos; que reprimia os abusos dos poderosos, e tão duramente castigava o fidalgo ou o prelado como o simples plebeu; que, na sua acção externa, sempre procurou evitar as guerras.

Excessivo na forma como administrava a justiça? Vejamo-lo nas descrições do cronista. Bastas vezes açoitava por suas próprias mãos os malfeitores que lhe traziam, ou os metia a tormentos. Repreendia-os em tom desabrido, na sua difícil elocução de gago, ameaçando com o chicote enquanto interrogava.

O adultério irritava-o particularmente. Sabendo que uma mulher era infiel ao marido, como sucedeu com a de um rico mercador de Lisboa, ordenava que a prendessem em flagrante e a queimassem imediatamente. Ao amante era aplicada a pena de degola. Por motivo idêntico - trato amoroso com mulher casada - sofreu o bispo do Porto o maior dos vexames. Passando naquela cidade, D. Pedro mandou-o chamar à sua câmara, fechou-se com ele, ordenou-lhe que se despisse da cintura para cima, e, interrogando-o, dispunha-se a espancá-lo exemplarmente, quando o escrivão da puridade, servindo-se do pretexto de entregar ao rei cartas urgentes, conseguiu entrar na câmara e distrair o régio algoz do intento. Degolado foi um fidalgo de Avis, por ter agredido um porteiro que fora a sua casa executar uma acção de penhora. Enforcado foi um escrivão do tesouro que desviara uma pequena quantia. Castrado foi um dos seus escudeiros, por dormir com a mulher de um corregedor da Corte.

Para evitar abusos e fazer justiça, deambulava de terra em terra, incessantemente. Implacável na justiça, mostrava-se afável e generoso com os que o serviam."

Fundador
Administrador

Mensagens : 1615

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Lista Cronológica dos Reis de Portugal

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum